Por que o Alentejo é um destino único na Europa?

Por que o Alentejo é um destino único na Europa?

O Alentejo tem cenários de tirar o fôlego, hotéis incríveis e atrações encantadoras. Você pode argumentar que há outros lugares que se enquadram nesta descrição, mas este é um destino de viagem único em toda a Europa, e nós vamos explicar o porquê!

1. É tranquilo

Quem já visitou alguma das grandes cidades europeias no verão sabe como elas ficam abarrotadas de turistas. O Alentejo é muito diferente, já que ainda não foi descoberto pelo turismo de massa. Suas cidades são muito tranquilas, e viajar por elas é extremamente agradável.

2. Os moradores são acolhedores

Onde quer que você vá, será bem recebido pelos alentejanos. Funcionários de hotéis, donos de restaurante e guias de museus tratam os visitantes como amigos, fazendo-os sentir-se em casa o tempo todo.

3. O ritmo é especial

Nada de acordar às 6h da manhã durante as férias e bater perna até o sol se pôr. No Alentejo, a vida passa mais lentamente, e os turistas podem aproveitar desse ritmo. É o tipo de férias perfeitas para quem quer curtir, mas também descansar e aproveitar um pouco de sossego.

4. Hotéis de primeira

Entre hotéis instalados em antigos palácios e hospedagens personalizadas em propriedades rurais encantadoras, você se sentirá em casa, terá noites de sono inesquecíveis e amará cada segundo.

5. Muito sol

Não é qualquer lugar da Europa que pode se gabar de ter 300 dias de sol por ano. O clima alentejano é muito agradável, sendo muito difícil que chuvas estraguem as suas férias. O verão é a melhor época, por ser uma estação tipicamente quente e seca por lá.

6. Vinhos saborosos

Uma das atividades econômicas mais importantes do Alentejo é a produção de vinhos, então há muitos rótulos locais excelentes, alguns entre os melhores do mundo. Além disso, é possível ver de perto como são produzidos, explorando as vinícolas e adegas.

7. Paisagens deslumbrantes

Você verá cenários inesquecíveis onde quer que vá nesta região portuguesa. Entre pequenas vilas construídas em colinas, campos verdejantes, o maior lago artificial da Europa, o rio Tejo correndo por entre as planícies e as vinícolas subindo e descendo pelo relevo, é certo que você perderá o fôlego mais de uma vez.