Conheça o tradicional fado de Coimbra

Conheça o tradicional fado de Coimbra

A música é um dos aspectos que faz parte da cultura de todos os povos, e em Portugal não é diferente, e um dos maiores orgulhos do país é o fado. Geralmente cantado por uma pessoa acompanhado por uma guitarra portuguesa, suas apresentações atraem muitos turistas.

Os temas normalmente envolvem romances intensos, corações partidos e a saudade de pessoas queridas. Este estilo chegou a inspirar a rainha do pop, Madonna, em seu álbum recém-lançado, “Madame X”. A artista, que vive em Portugal há alguns anos, se inspirou no fado para a faixa “Killers Who Are Partying” com versos em português cantados pela mesma.

Em Coimbra, no entanto, esse gênero musical foi tão explorado pelos estudantes que acabou se tornando um subgênero: o fado de Coimbra. Cantado apenas por homens, pede sempre rigor no vestuário dos fadistas, que usam as roupas tradicionais da universidade da cidade, uma das mais antigas instituições lusófonas do mundo.

O fado de Coimbra

Localizado no Centro de Portugal, Coimbra é famosa por sua universidade tradicional que atrai estudantes de diversos países. Foi justamente essa tradição acadêmica que acabou criando o fado de Coimbra, um subgênero do fado, já que os grupos de jovens estudantes levavam suas guitarras, dando voz ao temperamento sonhador e nostálgico dos portugueses em canções sobre a vida estudantil, a cidade e o amor.

É comum ver os estudantes com seus trajes típicos declarando seu amor através do fado, com serenatas à janela de suas amadas. A cidade também possui muitas casas de fado, onde é possível assistir apresentações típicas, com cantores profissionais. A tradição do fado é tão forte que, anualmente, realiza-se a Serenata Monumental nas escadas da Sé Velha, evento que marca o início da Queima das Fitas, a festa universitária que comemora o fim do ano letivo.

Coimbra também guarda outros belos pontos turísticos como o centro histórico, o belíssimo rio Mondego e excelentes parques. É praticamente impossível não se encantar por um local repleto de tradição, canções apaixonadas e muita história.